Quadrilha explode caixas eletrônicos em Subprefeitura

Criminosos explodiram na madrugada desta segunda-feira (2) os caixas eletrônicos que ficam dentro da Subprefeitura da Capela do Socorro, na zona sul da Capital. A Polícia Civil apura o caso.

A ação aconteceu por volta das 3 horas. A quadrilha usou um carro para arrombar o portão do local. Houve troca de tiros com os guardas que trabalham no prédio, mas ninguém ficou ferido.

O esquadrão antibombas foi chamado depois que o bando fugiu. Ainda não se sabe a quantia levada pelos criminosos.

A ocorrência foi registrada no 101° Distrito Policial (Jardim das Imbuias).

Homem é encontrado morto em mata no interior de São Paulo

Um homem de 42 anos foi encontrado morto com duas perfurações no pescoço, na manhã desta segunda-feira (25), em uma mata do bairro Vila do Depósito, em Iperó, no interior de São Paulo.

A vítima foi encontrada pela Guarda Civil Municipal (GCM) debaixo de uma árvore. A GCM acredita que o homem tenha sido assassinado com duas facadas.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba, também no interior. A Polícia Civil, que investiga o caso, informou que está em busca de três suspeitos.

Batida envolvendo dois carros deixa três pessoas feridas

Um acidente envolvendo dois carros, na madrugada desta segunda-feira (25), deixou três pessoas feriadas no centro da Capital.  Ainda não há informações sobre o estado de saúde dos feridos.

Conforme relataram testemunhas, um carro preto passou em alta velocidade por um semáforo da Avenida Martins Fontes e bateu em um poste. Em seguida, o veículo bateu em outro, que era ocupado por um casal, e atropelou um pedestre.

Ainda de acordo com testemunhas, o carro que provocou o acidente era ocupado por quatro pessoas e fugiu do local sem prestar socorro. As vítimas foram socorridas para um hospital da região.

A Polícia Civil investiga o caso.

Polícia divulga retrato falado de suspeito de estupro no Ibirapuera

retrato falado
Retrato falado do suspeito que estuprou garota no parque Ibirapuera 

A Polícia Civil divulgou, na quarta-feira (20), o retrato falado do suspeito que estuprou uma adolescente, de 16 anos, no parque Ibirapuera, na zona sul da Capital. O abuso sexual ocorreu no último domingo (17). No mesmo dia, outra vítima, uma garota de 18 anos, também foi estuprada no parque.

Segundo o depoimento da jovem, trata-se de um homem branco, aparentando ter entre 18 e 20 anos, com 1,70 m de altura. À polícia, a vítima ainda contou que foi ao local se encontrar com uma amiga e que não participava do “rolezinho”, que ocorria no dia.

Organizado pelas redes sociais, o “rolezinho” atraiu mais de 12 mil jovens no domingo. Muitos deles consumiam bebida alcoólica livremente mesmo com a presença da Guarda Civil Metropolitana (GCM), conforme o relato de testemunhas.

Qualquer informação sobre o paradeiro do suspeito pode ser enviada ao Disque-Denúncia (181), ao WebDenúncia ou à Polícia Civil.

2° estupro

Em depoimento prestado na segunda-feira (18), a outra vítima, de 18 anos, informou que havia conhecido um rapaz no parque e que os dois faziam sexo próximo ao portão 6, quando um grupo de seis homens a atacou. O jovem que estava com ela fugiu.

Ainda segundo a garota, ela foi estuprada durante uma hora e meia.  Até o momento, a polícia não acredita em ligação entre os casos. Imagens de câmeras do circuito interno do parque e declarações de testemunhas estão sendo coletadas para a investigação.

Segurança no parque Ibirapuera

A Secretaria do Verde e Meio Ambiente informou que as equipes de segurança e da administração são orientadas a abordar os frequentadores a fim de esclarecerem sobre a proibição do consumo e venda de bebida alcoólica no local.

Ainda de acordo com a secretaria, a segurança do parque é feita por uma empresa terceirizada, que conta com 52 funcionários durante o dia, além de 40 no período da noite.

Lucas Sarti, com colaboração Leonardo Amorim

Tentativa de roubo a carro-forte deixa uma pessoa ferida na Capital

Um motociclista ficou ferido na tarde de segunda-feira (18) após ser atingido por um carro-forte que era alvo de uma tentativa de assalto, na altura do km 40 da Rodovia Raposo Tavares, na zona oeste de São Paulo. Ninguém foi preso.

Segundo a polícia, os suspeitos estavam divididos em dois carros e dispararam contra o carro-forte. Em seguida, o motorista do blindado fez a conversão e começou a fugir pela contramão da via.

Durante a manobra, o carro-forte atingiu um carro e uma moto. O motociclista foi socorrido e levado a um hospital da região.

Um dos carros usados pelos criminosos foi localizado, além de uma grande quantidade de munições de fuzil. Até o momento, nenhum dos suspeitos foi preso.

A Polícia Civil investiga o caso.

Lucas Sarti

Adolescentes são estupradas em “rolezinho” no Parque Ibirapuera

Duas adolescentes foram estupradas no final da tarde de domingo (17) durante um “rolezinho”, evento organizado por jovens em rede social, no Parque Ibirapuera, na zona sul da Capital.

Uma das jovens, de 16 anos, falou que foi ao local se encontrar com a amiga. A outra vítima não teve a idade revelada pela polícia. Segunda a delegada do 27º Distrito Policial (Campo Belo), as garotas disseram que conheceram os estupradores durante o evento, mas não tinham muitas informações sobre eles.

Cerca de 10 mil jovens participaram do “rolezinho”, de acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM). Testemunhas afirmaram que boa parte dos adolescentes consumia bebida alcoólica no evento.

A polícia registrou mais duas ocorrências dentro do parque no domingo: um caso de roubo e outro de dano a um carro da GCM.

A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, que administra o parque, afirmou que equipes de segurança e da administração são orientadas a abordar os frequentadores, a fim de esclarecerem que é proibido a venda e o consumo de bebidas alcoólicas.

Lucas Sarti, com colaboração de Leonardo Amorim

Criminosos explodem caixas eletrônicos na Capital

A Polícia Civil investiga mais um caso de explosões a caixas eletrônicos na Capital. Desta vez, o crime aconteceu na madrugada de quarta-feira (13) em uma agência da Caixa Econômica Federal no bairro da Pompeia, na zona oeste. Ninguém foi preso.

Os suspeitos estavam armados e fugiram com o dinheiro antes da chegada da polícia ao local, na Rua Alfonso Bovero. Moradores da região disseram que se assustaram por causa do forte barulho durante a ação criminosa.

Na quinta-feira passada, outro ataque foi registrado no Jockey Club. A polícia apura se os crimes têm algum tipo de ligação.

Leonardo Amorim